Educação e Pedagogia

BULLYING: A VIOLÊNCIA ATRAVÉS DE RECURSOS ABUSIVOS NO AMBIENTE ESCOLAR

O que se pretendeu com essa pesquisa, foi apresentar um olhar reflexivo sobre o fenômeno bullying como um ato de violência recorrente no ambiente escolar buscando verificar suas múltiplas conseqüências danosas na vida do sujeito. Seguimos nossa pesquisa partindo do pressuposto de que toda e qualquer instituição educacional deve zelar pela formação humana e intelectual fazendo com essa seja transmitida dentro de um ambiente seguro e saudável; cumprindo seu dever intransponível de expurgar de seu âmbito social todos os tipos de agressões, sejam elas físicas ou morais, que possam vir a acontecer em seu espaço físico. Versando sob a reflexão da alteridade buscamos delinear a relação do EU e do OUTRO como uma relação dialética conflitual que possibilita ao sujeito a sua liberdade fundamental que é a individualidade. Dentro dos tempos hodiernos onde perdemos conceitos humanizadores foi-se necessário trabalhar o bullying como uma nova forma de violência contra o OUTRO através de recursos abusivos buscando o resgate legal do conceito de violência e suas novas faces. E por fim, sob a ótica do passado analisando os acontecimentos presentes abordamos as novas faces do bullying – bullying homofóbico e cyberbullying – como novos desafios que invadem os ambientes escolares buscando colocar em xeque todo trabalho dos educadores.

Educação e Pedagogia,Educação Especial e Educação Inclusiva

INCLUSÃO NA ESCOLA: Dificuldades e Possibilidades

A inclusão de estudantes com deficiência no sistema regular de ensino se baseia na perspectiva de uma educação para todos, pois, ao serem feitas adaptações pedagógicas que atenda o aluno que apresenta algum tipo de deficiência, leva-se em conta distintas formas de aprender e de ensinar. Pensando em como realizar da melhor maneira as práticas inclusivas para essas pessoas, de forma a desenvolver suas potencialidades, busca-se também a qualidade do ensino para todos os estudantes, independentemente de terem ou não deficiência.